A história centenária do Grupo Iochpe-Maxion sob a ótica de seus protagonistas.

José Antonio Correia Rodrigues

O engenheiro José Antonio Correia Rodrigues iniciou sua carreira profissional na antiga FNV – Fábrica Nacional de Vagões S.A., na unidade de Cruzeiro, como estagiário. Fez carreira no setor de autopeças e depois no ferroviário, tornando-se um dos executivos mais conhecidos do setor. Foi um dos protagonistas na implantação das transformações ocorridas após a aquisição da FNV pela Iochpe-Maxion, onde foi Diretor de Novos Negócios do Grupo em 2008. Ele relatou, em entrevista dada ao Projeto Centenário Iochpe em maio de 2018, o processo de crescimento e internacionalização da empresa.

Marcos Sérgio de Oliveira

Engenheiro com vasta carreira internacional na indústria automotiva, Marcos Sérgio de Oliveira é CEO da Iochpe-Maxion desde 2014. Começou a atuar na companhia em 2012 participando ativamente no processo de internacionalização da Companhia focada na produção de rodas e componentes estruturais, acentuado neste ano com a aquisição da Hayes Lemmerz e da Inmagusa. Em entrevista dada ao Projeto Centenário Iochpe, em maio de 2018, ele comentou alguns aspectos desse processo de fusão de culturas corporativas centenárias e as possibilidades atuais de crescimento da empresa, segue abaixo seu depoimento.

Ivoncy Ioschpe

Ivoncy Ioschpe é natural de Marcelino Ramos, no Rio Grande do Sul, segundo filho do casal Clara Brochman e Salomão Ioschpe, nasceu em 18 de setembro de 1939, dois anos depois de sua irmã Elcy. Veio de uma linhagem familiar de empreendedores. Seu avô, Gregório Ioschpe, era um importante madeireiro na região, que seguia a tradição da família desde as gerações remotas dos tempos da Rússia. Ivoncy participou do processo de diversificação e crescimento do Grupo Iochpe. Em entrevista ao Projeto Memória Iochpe, em 1998, contou sua experiência na companhia e o início da atuação no setor financeiro.

Mauro Knijnik

Nascido em 10 de junho de 1940, em Porto Alegre (RS), Mauro Knijnik formou-se economista com pós-graduação no México e nos Estados Unidos. Após uma vasta carreira em bancos de desenvolvimento como no BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, e de secretário da Fazenda do Rio Grande do Sul, de 1979 a 1983, Mauro foi convidado para participar da elaboração e aplicação dos planos da Companhia em expandir sua atuação no setor industrial. Em seu depoimento dado ao Projeto Memória Iochpe em 2006, ele comenta como foi o processo de aquisição da Massey Ferguson, o estabelecimento da estratégia de atuação no segmento automotivo e ferroviário, a parceria com a fabricante internacional de computadores HP, por meio da empresa Edisa, e sobre o Banco Iochpe.

Renato Simenauer

Engenheiro mecânico de formação, Renato Simenauer fez sua carreira profissional em importantes empresas multinacionais da indústria automotiva. Começou a atuar na Iochpe em 1989, para ser diretor de vendas de tratores na Massey Ferguson. Participou do processo de aquisição do controle acionário da Massey Perkins e da criação da marca “Maxion”. Em seu depoimento dado ao Projeto Memória Iochpe em 2006, ele comenta os principais desafios da área de vendas da Maxion, no setor agrícola, em um período de recessão econômica e altos índices inflacionários; as estratégias motivacionais na equipe, promovendo envolvimento de toda a rede espalhada pelo Brasil, e o início do fornecimento para as grandes montadoras.

Ronald Aldworth

Em entrevista concedida ao Projeto Memória Iochpe em 6 de setembro de 1996, Ronald Aldworth, hoje pertencente ao Conselho de Administração da Iochpe-Maxion, contou um pouco sobre sua trajetória no Grupo até aquele momento.